DIAMANTE NEGRO RARO QUE VEIO DO ESPAÇO É VENDIDO POR R$ 22 MILHÕES

Pedras preciosas são responsáveis por mover fortunas. Você consegue imaginar o quão especial seria uma vinda do espaço? O diamante negro, conhecido como “O Enigma”, acabou de ser leiloado por US$ 4,3 milhões – algo em torno de 22 milhões de reais, vendido pela casa de leilões Sotheby’s no dia 09/02/2022.

A idade estimada da joia de 555,55 quilates é de mais de um bilhão (!) de anos, segundo especialistas. A sua possível origem creditada é de um meteorito que colidiu com a Terra. É impossível saber a origem e o trajeto total percorrido – detalhes sobre o seu passado ainda são um mistério.

Antes de ser leiloado no dia 9 de fevereiro, fez parte de uma coleção privada por mais de duas décadas. O material é extremamente resistente, sendo este um artefato carbonado – a versão mais robusta de um diamante.

Como já pode ser observado pelo seu valor, trata-se de uma oportunidade muito rara (e cara) de concretizar a aquisição com algo deste porte. Apenas em algumas partes do Brasil e da República Centro Africana existe a possibilidade de encontrar outros materiais similares.

Muitos podem se perguntar: “quem garante que essa pedra realmente veio de fora da Terra?” Os estudos que apontaram essa característica informaram que os carbonados normalmente são encontrados na superfície, e não no subsolo – como foi o caso. Na sua composição, temos o mineral osbornite, presente comumente em meteoritos.

Aaron Celestian, geólogo que reside nos Estados Unidos, mencionou que uma outra tese seria que carbonados possam ser achados em profundidades extraordinárias, muito mais profundo do que um diamante comum é encontrado.

É possível investir em ouro na Bolsa de formas diferentes. A primeira maneira é por meio de fundos de investimentos em dólar, ou ETFs; por meio de contratos OZD, que são transações feitas em reais e equivalentes ao grama do ouro; ou por Fundos de Investimento Multimercado que tenham exposição ao metal.

O investimento em ETF ocorre por meio da GOLD11 e não é possível tirar proventos, restringindo o resultado dessa operação às suas oscilações.

Uma opção lastreada em ouro físico são os chamados contratos OZD – que não são contratos propriamente ditos, uma vez que não têm um período para vencer. Existem três tipos de OZD, que estão vinculados aos gramas de ouro e têm lastro físico. Eles são o OZ1D, de 250 gramas; OZ2D, de 10 gramas; e o OZ3D, de 0,225 gramas.

Por terem lastro físico, é como se o investidor tivesse comprado ouro em si e, por isso, há custo de custódia mensal, já que é necessário guardá-lo. O ouro fica guardado no Banco do Brasil e só é possível retirá-lo quando os contratos somam ao menos 250 gramas.

Ouro Nobre!

COMPRAMOS: Ouro, joias finas e relógios de luxo.

Rua: Duque de Caxias, 450 – Sala: 508 – Centro. Uberlândia/MG. (Edifício Chams ) Temos estacionamento próprio no subsolo.

#comproourouberlandia #comproouro #comprojoias #preçodoouro #compradeouro #compradeourouberlandia #compradejoias #vendadeouro #vendadeourouberlandia #vendadejoias #vendadejoiasuberlandia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.